Livro: Os heróis de Esparta

O escritor brasileiro Sérgio Pereira Couto oferece aos leitores uma ficção-histórica inspirada nos escritos de Heródoto e Plutarco, bem como na obra de Frank Miller.
Em 480 A.C. as tropas de Xerxes, o rei do império Persa, prepararam-se para invadir a Grécia. Derrotados alguns anos antes, na Batalha de Maratona, os persas pareciam ter desistido desse intento, até que o novo monarca resolveu vingar a humilhação sofrida por seu pai… o que se segue será uma batalha épica entre 300 valorosos homens contra 250 mil soldados vindos do Oriente, um sacrifício que permitiu à Europa continuar a ser Europeia.

Editora: Universo dos livros

Anúncios

A Batalha das Termópilas em vídeo

Máximas da Antiga Grécia

Spartan BLOG reducedO tópico que se segue apresenta um conjunto de máximas difundidas durante o período da Grécia Clássica. Sem serem exclusivas de Esparta, estamos certos de que também seriam seguidas pelos cidadãos espartanos.

Volvidos tantos séculos, não deixa de ser notável verificar que estas máximas continuam a ser actuais por via do seu intemporal sentido ético. São muitas, e por vezes quase repetitivas, contudo, merecem ser lidas com atenção e acima de tudo merecem que todos sem excepção consigamos reter a sua verdade imutável.

1. Siga Deus (Επου θεω) (Refere-se aos deuses Gregos)

2. Obedeça à lei (Νομω πειθου)

3. Preste culto aos Deuses (Θεους σεβου)

4. Respeite os seus pais (Γονεις αιδου)

5. Seja conquistado pela justiça (Ηττω υπο δικαιου)

6. Conheça o que você aprendeu (Γνωθι μαθων)

7. Perceba o que você ouviu (Ακουσας νοει)

8. Seja você mesmo (Σαυτον ισθι)

9. Pretenda se casar (Γαμειν μελλε)

10. Perceba a sua oportunidade (Καιρον γνωθι)

11. Pense como mortal (Φρονει θνητα)

12. Se for um estrangeiro, aja como um (Ξepsilon;νος ων ισθι)

13. Honre o coração [ou Héstia] (Εστιαν τιμα)

14. Controle-se a si mesmo (Αρχε σεαυτου)

15. Ajude os seus amigos (Φιλοις βοηθει)

16. Controle a raiva (Θυμου κρατει)

17. Exercite a prudência (Φρονησιν ασκει)

18. Honre a providência (Προνοιαν τιμα)

19. Não use um juramento (Ορκω μη χρω)

20. Ame a amizade (Φιλιαν αγαπα)

21. Apegue-se à disciplina (Παιδειας αντεχου)

22. Siga a honra (Δοξαν διωκε)

23. Anseie por sabedoria (Σοφιαν ζηλου)

24. Elogie o bom (Καλον ευ λεγε)

25. Não encontre falhas em ninguém (Ψεγε μηδενα)

26. Elogie a virtude (Επαινει αρετην)

27. Pratique o que é justo (Πραττε δικαια)

28. Seja gentil com os amigos (Θιλοις ευνοει)

29. Esteja atento aos inimigos (Εχθρους αμυνου)

30. Exercite a nobreza de caráter (Ευγενειαν ασκει)

31. Afaste-se do mal (Κακιας απεχου)

32. Seja imparcial (Κοινος γινου)

33. Guarde o que é seu (Ιδια φυλαττε)

34. Afaste-se do que pertence aos outros (Αλλοτριων απεχου)

35. Ouça toda a gente (Ακουε παντα)

36. Seja [religiosamente] silencioso (Ευφημος ιοθι)

37. Faça um favor a um amigo (Φιλω χαριζου)

38. Nada em excesso (Μηδεν αγαν)

39. Use o tempo com parcimônia (Χρονου φειδου)

40. Anteveja o futuro (Ορα το μελλον)

41. Despreze a insolência (Υβριν μισει)

42. Tenha respeito pelos suplicantes (Ικετας αιδου)

43. Seja adaptável a tudo (Παςιν αρμοζου)

44. Eduque seus filhos (Υιους παιδευε)

45. Dê o que tem (Εχων χαριζου)

46. Tema a fraude (Δολον φοβου)

47. Fale bem de todos (Ευλογει παντας)

48. Seja um buscador de sabedoria (Φιλοσοφος γινου)

49. Escolha o que é divino (Οσια κρινε)

50. Aja quando você sabe (Γνους πραττε)

51. Afaste-se do assassinato (Φονου απεχου)

52. Ore por coisas possíveis (Ευχου δυνατα)

53. Consulte os sábios (Σοφοις χρω)

54. Teste o caráter (Ηθος δοκιμαζε)

55. Dê de volta o que recebeu (Λαβων αποδος)

56. Não abaixe os olhos a ninguém (Υφορω μηδενα)

57. Use sua habilidade (Τεχνη χρω)

58. Faça o que pretende fazer (Ο μελλεις, δος)

59. Honre um acto beneficente (Ευεργεςιας τιμα)

60. Não tenha inveja/ciúmes de ninguém (Φθονει μηδενι)

61. Esteja prevenido (Φυλακη προσεχε)

62. Elogie a esperança (Ελπιδα αινει)

63. Despreze um caluniador (Διαβολην μισει)

64. Obtenha posses legitimamente (Δικαιως κτω)

65. Honre os bons homens (Αγαθους τιμα)

66. Conheça o juiz (Κριτην γνωθι) Dicutível

67. Seja mestre em banquetes nupciais (Γαμους κρατει)

68. Reconheça a sorte (Τυχην νομιζε)

69. Evite uma fiança/penhora (Εγγυην φευγε)

70. Fale claramente (Αμλως διαλεγου)

71. Associe-se com os seus iguais (Ομοιοις χρω)

72. Governe as suas despesas (Δαπανων αρχου)

73. Seja feliz com o que tem (Κτωμενος ηδου)

74. Respeite um senso de vergonha (Αισχυνην σεβου)

75. Cumpra um favor (Χαριν εκτελει)

76. Ore por felicidade (Ευτυχιαν ευχου)

77. Afeiçoe-se à sorte (Τυχην στεργε)

78. Observe o que você ouviu (Ακουων ορα)

79. Trabalhe pelo que você pode possuir (Εργαζου κτητα)

80. Despreze a discórdia (Εριν μισει)

81. Deteste a desgraça (Ονειδς εχθαιρε)

82. Refreie a língua (Γλωτταν ισχε)

83. Mantenha-se longe da insolência (Υβριν αμυνου)

84. Faça julgamentos justos (Κρινε δικαια)

85. Use o que tem (Χρω χρημασιν)

86. Julgue incorruptivelmente (Αδωροδοκητος δικαζε)

87. Acuse [só] quem estiver presente (Αιτιω παροντα)

88. Diga quando sabe (Λεγε ειδως)

89. Não dependa da força (Βιας μη εχου)

90. Viva sem sofrimento (Αλυπως βιου)

91. Viva junto mansamente (Ομιλει πραως)

92. Termine uma corrida sem recuar (Περας επιτελει μη αποδειλιων)

93. Lide gentilmente com todos (Φιλοφρονει πασιν)

94. Não amaldiçoe os seus filhos (Υιοις μη καταρω)

95. Guie a sua esposa (Γυναικος αρχε)

96. Beneficie a si mesmo (Σεαυτον ευ ποιει)

97. Seja cortês (Ευπροσηγορος γινου)

98. Dê uma resposta oportuna (Αποκρινου εν καιρω)

99. Esforce-se com glória (Πονει μετ ευκλειας)

100. Aja sem arrependimentos (Πραττε αμετανοητως)

101. Arrependa-se das faltas (Αμαρτανων μετανοει)

102. Controle o olho (Οφθαλμοθ κρατει)

103. Dê um conselho adequado (Βουλευου χρονω)

104. Aja rapidamente (Πραττε συντομως)

105. Guarde a amizade (Φιλιαν φυλαττε)

106. Seja grato (Ευγνωμων γινου)

107. Busque a harmonia (Ομονοιαν διωκε)

108. Guarde o que é de maior sigilo (Αρρητον κρυπτε)

109. Tema o poder/governo (Το κρατουν φοβου)

110. Busque o que for proveitoso (Το συμφερον θηρω)

111. Aceite a medida devida (Καιρον προσδεχου)

112. Acabe com as inimizades (Εχθρας διαλυε)

113. Aceite a idade avançada (Γηρας προσδεχου)

114. Não se vanglorie de poder (Επι ρωμη μη καυχω)

115. Exercite [religiosamente] o silêncio (Ευφημιαν ασκει)

116. Evite inimizades (Απεχθειαν φευγε)

117. Adquira riquezas de forma justa (Πλουτει δικιως)

118. Não abandone a honra (Δοξαν μη λειπε)

119. Despreze o mal (Κακιαν μισει)

120. Encare o perigo prudentemente (Κινδυνευε φρονιμως)

121. Não se canse de aprender (Μανθανων μη καμνε)

122. Não pare de ser económico (Φειδομενος μη λειπε)

123. Admire os oráculos (Χρησμους θαυμαζε)

124. Ame quem você cria/educa (Ους τρεφεις αγαπα)

125. Não se oponha a alguém ausente (Αποντι μη μαχου)

126. Respeite os mais velhos (Πρεσβυτερον αιδου)

127. Ensine os mais novos (Νεωτερον διδασκε)

128. Não confie nas riquezas (Πλουτω απιστει)

129. Respeite a si mesmo (Σεαυτον αιδου)

130. Não seja insolente (Μη αρχε υβριζειν)

131. Honre os eus ancestrais (Προγονους στεφανου)

132. Morra pel sua pátria (Θνησκε υπερ πατριδος)

133. Não fique descontente com a vida (Τω βιω μη αχθου)

134. Não desrespeite os mortos (Επι νεκρω μη γελα)

135. Divida o fardo dos desafortunados (Ατυχουντι συναχθου)

136. Gratifique sem prejudicar (Χαριζου αβλαβως)

137. Não se desespere por ninguém (Μη επι παντι λυπου)

138. Produza rotas nobres (Εξ ευγενων γεννα)

139. Não faça promessas a ninguém (Επαγγελου μηδενι)

140. Não faça mal aos mortos (Φθιμενους μη αδικει)

141. Seja próspero enquanto mortal (Ευ πασχε ως θνητος)

142. Não confie na sorte (Τυχη μη πιστευε)

143. Quando criança, seja bem-comportado (Παις ων κοσμιος ισθι)

144. Quando jovem, seja auto-disciplinado (ηβων εγκρατης)

145. Quando de meia idade, seja justo (μεσος δικαιος)

146. Quando idoso, seja sensível (πρεσβυτης ευλογος)

147. E alcance o final sem tristezas (τελευτων αλυπος)

Fonte: Os Mandamentos dos Sete (pela cópia do sábio Sosíades, preservada por Stobaeus), traduzido por Alexandra do Fórum Reconstrucionismo Helênico no Brasil, adaptado para português de Portugal por mim.

A glória de Esparta em música

HolyMartyr Holy Martyr é uma banda italiana que toca dentro do género Epic Heavy Metal. O seu álbum “Hellenic Warrior Spirit”, lançado em 2008, consiste numa fantástica e muito inspirada glorificação musical dos feitos dos espartanos. Absolutamente recomendável para os amantes do género, não deixo de desafiar quem não ouve este tipo de música a quebrar com o preconceito e a escutar Holy Martyr e deixarem-se envolver pela mística espartana inerente à sua sonoridade.

Para aguçar a curiosidade deixo aqui a lista com os títulos das faixas:

1.March (Intro)
2.Spartan Phalanx
3.Lakedaimon
4.H Tan H Epi Tas
5.Hellenic Valour
6.Kamari, Andreia, Polemos
7.The Call To Arms
8.Molon Labe
9.Defenders In The Name Of Hellas
10.The Lion Of Sparta
11.To Kalesma Sta Opla

Manter Esparta viva

Leonidas_and_the_300_by_justaman78Recentemente recebi um mail de John Trikeriotis, o homem por detrás dos websites 300 Spartan Warriors, The Leonidas Expeditions e ainda do blog com o mesmo título do primeiro site. Este verdadeiro espartano tem desenvolvido um labor excepcional na divulgação e redescoberta da fantástica cultura de Esparta. Aconselho todos os leitores deste espaço a visitarem os sites e blog do senhor Trikeriotis e dessa forma ampliarem os vossos conhecimentos sobre o maravilhoso mundo espartano e, consequentemente, a imprimirem nas vossas vidas o espírito que os antigos espartanos emanavam.

Leónidas, um Herói imortal

last_stand

Quem nunca ouviu a célebre frase de Leónidas em resposta a um espartano, aquando da Batalha das Termópilas, que proferiu a seguinte frase; “As flechas do inimigo serão tão numerosas que irão tapar a luz do Sol”. Leónidas respondeu serenamente; “Tanto melhor, combateremos à sombra!”.

Rei e General de Esparta, Leónidas é famoso pela heróica actuação na Batalha das Termópilas, contra os exercitos de Xerxes, rei da Pérsia. A época em que a invasão persa se deu não era em nada favorável aos gregos. Esparta festejava a Carnéia e no resto da Grécia preparavam-se as Olimpíadas, sendo que ambos os eventos, por tradição, proibiam combates. Leónidas viu-se num grave dilema entre infringir a lei e executar a tão necessária defesa. Por fim, partiu de Esparta com 300 hoplitas, juntando-se a eles pelo caminho outros homens de aldeias vizinhas e aliadas, totalizando algo próximo de 7 mil soldados.

No Desfiladeiro das Termópilas as tropas de Leónidas confrontaram os mais de 200 mil persas, que de início foram rechaçados pelos Gregos. Todavia, devido à traição de Efialtes, um miserável pastor, que subornado por Xerxes guiou os persas por um caminho que contornava as Termópilas, permitindo-lhes abrir nova frente de combate. Sabendo da traição, Leónidas dispensou os aliados, mas permaneceu com os seus 300 espartanos, e aos que ficaram voluntariamente disse: “fiquem aqui comigo, e esta noite jantamos no inferno”, pois a lei espartana não permite retiradas, ou seja, somente se regressa a casa vitorioso ou morto sobre o escudo.

Durante os três dias anteiores os gregos quase sem baixas, eliminaram 20 mil persas, mas depois da traição de Efialtes acabaram cercados pelo exército de Xerxes.

Antes do embate final, Xerxes ordenou a Leónidas: “Entreguem as vossas armas!”, ao que o Rei de Esparta respondeu apenas: “Venham buscá-las”, ultimas palavras do rei antes de suas tropas serem atingidos por uma chuva de flechas e massacradas por todos os lados pelo exército persa. A cabeça de Leónidas foi empalada e seu corpo crucificado. A vingança grega viria algum tempo depois.

A estratégia de Leónidas é lembrada até hoje pela sua simplicidade e brilhantismo. Conhecendo melhor a sua terra do que os invasores estrangeiros, Leónidas aproveitou o terreno para anular a colossal desvantagem numérica e conseguir uma chance considerável de vitória, provando como muitas outras vezes ocorreu na história, que números não vencem batalhas, estratégias vencem batalhas.

Hoje existe um monumento nas Termópilas em homenagem a Leónidas sob o qual está escrita a frase Molon Labe (“Venham buscá-las”), bem como aos 300 espartanos que o acompanharam na batalha e na morte com a frase: “Estrangeiro, vai contar aos espartanos que aqui jazemos, por obediência às suas leis.

Laconismo

spartahoplita

Filipe II da Macedónia, pai de Alexandre, o Grande, queria unir todos os povos gregos sobre seu domínio. A Grécia era composta por inúmeras cidades-estado. Esparta era uma delas.

Durante um cerco à cidade de Esparta, Filipe II da Macedónia envia a seguinte mensagem aos espartanos:

“Se não se renderem imediatamente, invadirei as vossas terras. Se os meus exércitos as invadirem, irão pilhar e queimar tudo o que vocês mais prezam. Se eu marchar sobre a Lacónia*, arrasarei as vossas cidades.”

Alguns dias depois o Rei recebeu a resposta dos espartanos, abriu a carta e lê somente uma palavra: “Se”.

 

*Lacónia era a região onde se situava a cidade de Esparta.